3 de out de 2012

MANIA DE TREINADOR

Todo treinador tem suas manias. É uma espécie de sina que persegue os "professores" mundo afora. Normalmente, cada um tem seu jogador especial, aquele que não deixa o time nem debaixo de chuva de canivetes.
No Flamengo, Dorival Júnior promoveu Amaral aos titulares na partida contra o Atlético Mineiro. Naquela ocasião, eu e 90% dos analistas fomos contra a modificação. Luis Antônio, que fora barrado, parecia ser a melhor hipótese.
Aí veio o jogo. Amaral fez tudo que dele esperava Dorival: marcou, implacavelmente, não só o Ronaldinho Gaúcho como todos aqueles que caíam pelo seu setor. Não foi brilhante, mas sua seriedade o fez ganhar pontos com Dorival Júnior.
Eis que para a partida diante do Bahia, Amaral está praticamente confirmado no time titular. Cáceres, até então absoluto, não joga. Renato Abreu e Ibson, dois jogadores de nome, disputam a outra vaga no meio.
Essa é uma prova incontestável de que Amaral virou um jogador de confiança do treinador do Flamengo. Isso não significa que o volante não possa ser sacado do time em um outro momento. Enquanto isso não acontece, vai desfrutando de ter virado a mais nova mania de Dorival Junior. E que o técnico esteja certo!

Nenhum comentário: