16 de set de 2012

A QUEDA OBRIGATÓRIA

A derrota do Fluminense para o Atlético Goianiense, diante de sua torcida, não significa que o tricolor não tenha capacidade de disputar o título. O revés do time das Laranjeiras traduz apenas aquilo que o Brasileirão já demonstrou: quedas são obrigatórias.
É lógico que perder para o lanterna traz muita desconfiança para o torcedor. Ninguém, em sã consciência, poderia imaginar que o Fluminense pudesse sequer empatar com o dragão. Esse era daqueles jogos em que as apostas estavam todas direcionadas para o lado tricolor.
Entretanto, se fizermos uma análise mais acurada dos jogos do Flu, veremos que o time patinou em diversas ocasiões. A sorte, que andava flertando com o tricolor, se afastou no confronto do último sábado.
Isso não quer dizer também que o time das Laranjeiras está fadado ao descenso. O próximo jogo já pode guardar nova fase. Por isso, a ordem no Brasileirão é regularidade. Em 25 jogos, o Fluminense só perdeu dois. Essa é uma marca inquestionável.
Em um campeonato como o nosso, onde há muitos times iguais, os deslizes são certos. O Atlético Mineiro já perdeu e o Grêmio também. Vasco, Botafogo, São Paulo e Internacional buscam mais vitórias. Portanto amigos tricolores, a derrota não representa muita coisa!

Nenhum comentário: