23 de set de 2012

ATITUDE CERTA

Esta postagem tem tudo para desagradar aos meus amigos botafoguenses. Quando se fala de ídolos, o terreno se torna minado. Ainda assim, tentarei me fazer claro ao explicitar minhas ideias acerca de Túlio maravilha.
O atacante, maior nome da história recente do Botafogo, postou em seu twitter que estava surpreso por não ser inscrito no Campeonato Brasileiro. O irreverente jogador, agora em tom mais sério, esperava poder atuar em alto nível.
Com todo respeito que a história de Túlio merece, ele não tem a menor condição de estar entre jogadores profissionais. Na minha opinião, deixar o Maravilha de fora do elenco é uma forma de preservá-lo de situações ridículas.
Tenho a convicção de que a decisão por não inscrever o atleta partiu da comissão técnica alvinegra. Oswaldo de Oliveira, que é uma pessoa séria, certamente não admitiu esse tipo de "festa" em um elenco que pretende algo a mais na competição.
O Botafogo ainda não conseguiu organizar eventos que estejam a altura de Túlio Maravilha. Ainda assim, o atacante não deve ter pressa em atingir a tal marca histórica dos mil gols na carreira. É um momento para ser saboreado e não transformado em transtorno e chacota.


Nenhum comentário: