22 de jan de 2013

BOTAFOGO AINDA BUSCA REFORÇOS

Com diversas contratações para a temporada, o Botafogo é um dos clubes que mais se movimentou em 2013. A proposta da diretoria e da comissão técnica é contar com três peças por posição. A mescla de jogadores experientes e revelações da base é a fórmula que Oswaldo de Oliveira implementou e espera obter sucesso.
Mas, a diretoria não parou por aí. Sidnei Loureiro, supervisor de futebol do clube, garante que ainda há nomes sendo estudados no mercado. De acordo com o dirigente, são jogadores que estão em nível de série A:
- Temos analisado o mercado. Gostaríamos de mais duas contratações, mas vai depender do financeiro. Em termos de equílibrio do elenco, conseguimos êxito. Uma nova contratação vai depender de possíveis saídas de jogadores.
Dória e Márcio Azevedo ainda são nomes negociáveis. O zagueiro tinha como certa a sua saída para a Itália e o lateral vive cercado por rumores sobre uma possível ida para o Palmeiras. Sidnei Loureiro confirma as propostas e deixa em aberto o futuro desses atletas:
- Chegaram propostas do Palmeiras, mas foram recusadas. Contamos com Márcio Azevedo para a temporada. Pelo Dória chegou proposta da Juventus, mas não agradou. Se houver novas propostas, a gente vai estudar.
De quase certo mesmo apenas o anúncio de Edílson, ex-lateral do Grêmio. O jogador deve finalizar os exames médicos até amanhã e será apresentado ainda esta semana, segundo Sidnei:
-Nós não fizemos o anúncio de forma oficial porque ele está fazendo exames. Até sexta feira devemos anunciá-lo oficialmente.
Enquanto isso, a utilização em grande escala de jogadores dos juniores segue como marca da atual gestão alvinegra. A aposta é formar atletas, lançá-los no mercado e fazer um patrimônio capaz de gerar lucros para o futebol do Botafogo. O supervisor ressalta o número de jogadores feitos em casa e que hoje integram os profissionais:
 -Esse trabalho começou como prioridade da gestão do Maurício Assumpção. Temos cerca de 14 atletas formados nas divisões de base fazendo parte do grupo de profissioais. Esse ano Oswaldo vai lançar novos meninos.
Para conseguir êxito nesse objetivo, os meninos são observados ainda na base e, dependendo de seus desempenhos, os contratos são renovados ou não. Assim, nomes como Dória, Cidinho, Jádson, Gabriel, Jéferson, Lucas Zen e Gilberto, entre outros, vão se transformando em esperança nos gramados e nas finanças.


Nenhum comentário: