24 de jan de 2013

PRACIDELLI E A VOLTA DE JÚLIO CÉSAR

O retorno de Júlio César ao gol canarinho foi uma das novidades na convocação de Luís Felipe Scolari, na última terça-feira. O experiente goleiro de 33 anos tem a missão de preencher um vazio deixado por Mano Menezes. O ex-treinador saiu do cargo sem definir o camisa 1 do Brasil.
De volta a seleção brasileira depois da vitoriosa passagem em 2002, o preparador de goleiros, Carlos Pracidelli, deixa a entender que não fará revezamentos nas convocações. É a hora de Júlio César retomar o posto que não ocupa desde 2010, na copa da África do Sul:
- Nós assumimos agora, é nosso primeiro jogo, ainda é cedo para comentar, mas não estamos fazendo experiência;trouxemos jogadores que fizeram história. Esperamos que eles aproveitem a chance.
O goleiro brasileiro atua pelo Queens Park Rangers, time mediano no futebol inglês e inexpressivo no cenário europeu. Além disso, a equipe vive um momento muito delicado, ocupando a última colocação na Premier League. Ainda assim, Pracidelli não vê problemas para Júlio César:
-Acho que o goleiro é analisado individualmente. Às vezes uma equipe de ponta têm um goleiro que não está bem.O Júlio já tem toda a sua história firmada. É um goleiro estupendo e, apesar de sua equipe não estar bem, ele vive um grande momento.
Na primeira lista apresentada por Felipão, Ronaldinho Gaúcho e Júlio César aparecem como os mais exeperientes. O meia é remanescente das copas de 2002 (Japão/ Coréia do Sul) e 2006 (Alemanha). Já o goleiro foi reserva na Alemanha e titular em 2010. O preparador de goleiros destaca a importância de Júlio César para o momento do futebol brasileiro:
- Não só o Júlio, mas outros jogadores. Com toda a sua experiência e visão acredito que ele vai fazer diferença.
Em 2002, Carlos Pracidelli foi o responsável pela convocação de Marcos, então goleiro do Palmeiras. Apesar de não ser unanimidade na época, o goleiro foi destaque na competição. Apesar disso, o preparador não vê semelhanças com o momento de Júlio César e credita a volta do jogador apenas ao seu momento na carreira.
A carreira de Carlos Pracidelli como preparador de goleiros é marcada pela boa parceria desenvolvida com Luís Felipe Scolari. Ao lado do treinador, conquistou títulos pelo Palmeiras e Seleção Brasileira, além de ter trabalhado no Chelsea. Atualmente, Pracidelli integra a comissão técnica do Coritiba, função com a qual vai conciliar a de preparador de goleiros da seleção brasileira.
 
 
 
 


Nenhum comentário: